São Paulo IV

Litoral Norte

.Domingo, 27/Março/16

Sai de Boraceia por volta das 08:00hs, segui pela BR 101 sentido norte e passei por diversas praias.

JurériaIMG_20160327_121203256

Barra do UnaIMG_20160327_122415972

Barra do SanyIMG_20160327_151450640

Parei em Cambori para almoçar e descansar um pouco.

CamburyIMG_20160327_153322870

IMG_20160327_154500564_HDR

IMG_20160327_154731946_HDR

BoiçucangaIMG_20160327_155028291

IMG_20160327_160206524

IMG_20160327_160212336

IMG_20160327_160306331_HDR

Após passar pela praia de Boiçucanga seguindo pela BR 101, peguei uma serra muito alta e bem inclinada.Acredito que foi a mais puxada de toda rota que até então tinha feito. Além disso o sol estava muito forte este dia e foi me castigando por toda subida. Descendo o morro cheguei na praia de Maresias.

MaresiasIMG_20160327_173642153_HDR

IMG_20160327_173655590

Estava tomando café em uma padaria, quando perguntei a um rapaz se sabia de algum Camping e ele indicou chegar no Camping do Chumbo. Me explicou o caminho e fui até lá. Quem me atendeu foi a esposa de Chumbo, me oferto um bom preço e resolvi ficar. Montei a barraca em um lugar estratégico e sai para fazer umas compras, pois já estava sem comida. Voltei, tomei um café e fui descansar um pouco pois aquela subida foi bem puxada e me deixou esgotado. Após algum tempo fui dar uma volta na cidade e quando estava saindo da rua do Camping, passou três meninos com berimbau na mão e perguntei sobre a capoeira. Eles disseram que a roda tinha acabado naquele momento e que estavam voltam para casa. Fiquei doido, perdi a roda. Dei mais um role e curti um pouco da noite na praia. Voltei ao Camping e conheci 03 camaradas de Campinas SP que ali estavam instalados. Ficamos conversando até mais tarde e fui descansar.

Segunda, 28/Março/16

Preparei minhas coisas ao acordar, tomei café me despedi de todos e segui a rota. Tive problemas com o freio dianteiro devido o desgaste das pastilhas e precisava muito corrigir isso o mais breve possível. Passei pela praias, do Paúba,  Santiago, Toque toque pequeno, Calhetas, Toque toque grande, Guaeca, Barequeçaba, Pitangueiras, Praia Preta e cheguei em São Sebastião e fui almoçar.

IMG_20160328_084152548_HDR

IMG_20160328_084622232_HDR

IMG_20160328_084626121_HDR

IMG_20160328_084835229

Praia Toque Toque PequenoIMG_20160328_085052706_HDR

IMG_20160328_090119175_HDR

IMG_20160328_092357578

Praia CalhetasIMG_20160328_092819139_HDR

IMG_20160328_093029476

IMG_20160328_093310747_HDR

Praia Toque Toque GrandeIMG_20160328_093710050

Cachoeira Toque Toque

IMG_20160328_093813399

IMG_20160328_094227005

Cachoeira na hora certa!IMG_20160328_094526862

Guaecá

IMG_20160328_102512338

Toca do Buraco do BichoIMG_20160328_102943549_HDR

IMG_20160328_103119484_HDR

IMG_20160328_103617236

IMG_20160328_104605235

IMG_20160328_104805411

Praia de Barequeçaba

IMG_20160328_105156591_HDR

IMG_20160328_110659891

Após almoço, fui procurar um loja para trocar as pastilhas. Fui em uma das lojas de bike, mas não tinha pastilha original shimano, então deixei para tentar conseguir em outra loja da Ilha que a moça da loja me indicou. Aproveitei para passar uma mensagem ao Mestre Nenê, formado pelo Mestre Ribas de Santos, o qual já tinha me passado o contato.

Balsa De São Sebastião para Ilha BelaIMG_20160328_133310060_HDR

IMG_20160328_133455945

Chegando na Ilha fui para o lado norte, até a loja o qual tinha recebido a referencia que teria as pastilhas, mas infelizmente nesta loja também não tinha. Dando um rolê, acabei chegando na Pousada 13 Luas, descobri que a dona era capoeirista e fui conferir. Conheci a Nadya Fernanda Chamarelli, conversamos e ela me ofereceu ficar ali, por um preço bacana. Então acabei aceitando e logo procurei montar a barraca. O lugar é muito bacana e ela foi muito gentil na recepção.

Hostel 13 Luas

2016_03_28_Ilha Bela II (3)

2016_03_28_Ilha Bela II (1)

Recebi retorno do Mestre Nenê e fui encontra-lo no Centro Social Pé no Chão. Ao chegar, encontrei o Mestre Nenê na entrada da academia Grupo Capoeira Santista Ilha Bela, e ele me convidou para treinar. Fizemos o treino e depois rolou um jogo dois a dois colocando em prática o treino. Mestre Nenê recebeu a visita também de dois capoeiras de Tijucas/SC. Agradeci a todos, me despedi e sai para a pousada. Valeu Mestre Nenê pelo treino e recepção. Forte abraço a todos, axé!

2016_03_28_Ilha Bela (2)

Resolvi comer um lanche no caminho, foi quando começou a chover muito! Quando cheguei na pousada, percebi que molhou algumas coisas dentro da barraca, mas não muito. Tomei um banho, janei e fui dormir.

Terça, 29/Março/16

Sai cedo para o lado Sul da Ilha e passei em algumas praias e fiz mergulho muito bacana.

Praia do Perequê

IMG_20160329_103515663

Praia das Cabras

IMG_20160329_111338857

Praia do Portinho

IMG_20160329_113626051_HDR

IMG_20160329_113740341_HDR

IMG_20160329_113759661

Praia da Feiticeira

IMG_20160329_114312833

IMG_20160329_115011709

IMG_20160329_115023991

Praia Grande

IMG_20160329_122238061

IMG_20160329_122254830

Comemorando 3.9!

2016_03_28_Ilha Bela (3)

A Noite fui visitar o Mestre Noel. Liguei para ele mais cedo e marcamos dele me pegar na saída da Balsa. Encontrei o mestre e fomos para a academia no Centro Cultural São Sebastião. O Mestre passou alguns movimentos da capoeira angola, o qual treinamos juntos com os alunos. Finalizamos com uma roda de musica. Obrigado Mestre Noel, grato pela recepção, axé!

Mestre Noel e Alunos

IMG_20160329_220816836

O mestre me levou até a balsa, me despedi e fui para a Ilha.

Balsa Ilha Bela – São SebastiãoIMG_20160329_231244003

IMG_20160329_231251721

Cheguei na pousada, tomei um banho e fui descansar.

Quarta, 30/Março/16

Após tomar um café, sai para o lado norte da ilha e conheci outras praias. A noite eu e Nádia tocamos berimbau, cantamos umas musicas e jogamos uma capoeira. Depois fui descansar, pois iria seguir viajem no outro dia! Valeu Nádia pela parceria, axé!

IMG_20160330_193713839

Quinta, 31/Março/16.

Cedo arrumei minhas coisa e segui viajem para Caraguatatuba.

De São Sebastião a CaraguatatubaIMG_20160331_090824149_HDR

IMG_20160331_090831114

IMG_20160331_090959159

IMG_20160331_091316668

IMG_20160331_092053100

Chegando na praia fui tomar um banho e preparar um cafezinho.

Praia de Indaia

IMG_20160331_094635596

IMG_20160331_094643025

IMG_20160331_100138415_HDR

Passei no centro de Caraguatatuba e fui em um Cyber ver os e-mails e enviar mensagem ao Mestre Fala Pouco. Almocei em um restaurante e depois fui na praia. A tarde consegui deixar minha bike em uma garagem e fui no shopping tentar resolver meu problema como telefone. Até então não tinha recebido retorno do mestre Fala Pouco, então fui procurar o Mestre Serginho, fui em uma escola que ele trabalha e consegui seu contato. Passei a mensagem ao M. Serginho e fui na praça tomar um café, foi quando recebi a ligação do Mestre Fala Pouco e já estava me esperando, pois o Mestre Melqui já tinha comunicado a ele que estaria passando em Caraguatatuba. Então ele me passou o endereço e fui até lá. Depois recebi retorno do Mestre Serginho, mas já tinha combinado com o Mestre Fala Pouco, então passei uma mensagem agradecendo ao M. Serginho e combinamos de nos encontrar em outro momento. Segui até a academia Assoc Caraguatá. Ao chegar fiquei esperando em frente da academia que estava fechada.

Associação Caraguatá de Capoeira
Sid 040
Quando o Mestre chegou, nos cumprimentamos e logo ele pediu para entrar. Aquele espaço não é só apenas sua academia, na verdade é sua casa. Tive sorte, pois ele disse que aquele dia teria treino. O pessoal começou a chegar e ele pediu para eu puxar o treino. depois fizemos uma roda e joguei com os alunos. No final da roda o Mestre pediu para eu falar um pouco sobre minha história e pedindo sua licença contei sobre minha aventura e agradeci a todos. Depois fui tomar um banho, fomos comer um lanche na rua, conversamos muito sobre a capoeiragem e voltamos para casa. boa noite!

Mestre Manoel Fala Pouco e AlunosIMG_20160331_230243366

Sexta, 01/Maio/16

Quando acordamos, o mestre teve que sair para trabalhar e eu fui dar um rolê na cidade. Fui na pedra do Jacaré e tomei uns banhos de mar. almocei e fui no Cyber ver as mensagens pois estava sem internet no celular.

Pedra do Jacaré

IMG_20160401_112813635_HDR

IMG_20160401_113128936

A noite o mestre me levou na Escola de Capoeira União Caiçara, coordenado pelo seu Irmão professor Chorão

Capoeira União Caiçara

Sid 081

Mestre Fala Pouco e Professor chorãoSid 082

Após a roda, saímos da academia para comer um lanche, tomar um suco e conversar um pouco. Já era quase meia noite e voltamos para casa e fomos descansar.

Sabado, 02/Maio/16

Fizemos um café e o Linconl chegou.  Fizemos uma oração para minha viajem, agradeci com carinho por tudo e segui viajem por volta das 08:00hs am. Valeu Mestre, obrigado pela recepção, hospedagem e parceria, forte abraço a todos Axé!

Amigo Lincoln

Sid 102

Sid 105

Durante o trajeto, parei para tomar um caldo de cana e comer um pastel. ao descer da bike coloquei as luvas sobre a bike e fui sentar na mesa do quiosque. Na saída peguei a bike coloquei o capacete e  segui, depois de algum tempo me lembrei das luvas, mas elas tinham caído logo na saí do quiosque. Não voltei para procurar, pois já tinha passado vários Km.

Praia do Capricórnio

IMG_20160402_101956699

Praia Marambuba

Sid 113

Sid 115

Sid 116

Como iria subir para o Norte, o Mestre Fala Pouco fez contato com um de seus alunos, o contra-mestre Pesão, que tem uma forte influencia histórica familiar no Quilombo Caçandoca. Então fui até lá encontra-lo.

Quilombo Caçandoca

Sid 121

Sid 123

Sid 122

Acesso a Caçandoca no alto do morro.

Sid 118

Casa de Taipa

Sid 124

Sid 125

Sid 127

Santuário

Sid 128

Chegando na Praia, o Contra Mestre Pezão já estava me aguardando. Me apresentei, conversamos sobre minha viajem e sua mãe Dona Maria, uma pessoa maravilhosa, preparou um almoço especial. Depois fui descansar um pouco. A tarde fiz trilha pelos costões, muito bonito este lugar. No final de tarde saímos do quilombo e somos para casa do CM Pesão, comemos, tomamos um banho e saímos para pegar uma roda de capoeira em Perequê Mirim – Ubatuba. Lá conheci o Mestre Kelé, Mestre Japão e Prof. Lucas entre outros capoeiras. A roda foi muito boa, joguei com quase toda rapaziada, boa vadiação! Valeu Mestre Kelé, forte abraço!!!

Turma da escola Art Negra entre outros camaradas

069

Monitor Jeferson, Prof. Sid, Mestre Kelé, Mestre Japão, prof. Lucas e CM Pesão.

070

Após a roda saímos para comer um lanche e fomos dar uma volta no centrinho.

Praça de Capricórnio

 Sid 144

Domingo, 03/Abril/16

Saímos cedo da casa em Ubatuba e fomos para o Quiosque em Caçandoca. A água do mar estava perfeita, fiz uns mergulhos no costão do lado esquerdo.

Praia de Caçandoca

015

010

O CM Pesão me convidou para dar uma volta de lancha levando a galera no banana boat, foi muito divertido!

Passeio de Lancha

043

Depois fomos ver as ruínas da senzala daquele quilombo que fica dentro da mata.

110

Amigo Sidenil

130

138

O Quilombo Caçandoca tem um marco natural que determina seu território, que é da Pedra do X próximo a Praia do Pulso e vai até Pedra Número 1 situada na Ponta da Praia do Simão (frade), que parece ser esculpida e tem cerca de 6 metros de altura…

Pedra numero 1

147

As ruínas da Senzala na Praia da lagoa

131

144

Dona Maria contando histórias do passado.

151

CM Pesão e sua mãe Dona Maria

121

Depois de conhecer um marco forte da nossa história, voltamos para a praia. CM pesão arrumou tudo e disse que eu poderia ficar ali no quiosque a noite, pois iria seguir viajem no outro dia. Nos despedimos, agradeci por tudo e ele foi para Ubatuba.Já era noite, montei o berimbau e fui tocar na beira mar entre as luzes das estrelas. jantei e fui dormir. Valeu meu amigo Pesão, obrigado pela parceria e tudo mais!! forte axé!!!

Segunda, 04/Abril/16

Sai de Caçandoca por volta das 7:30hs e passei por dentro de um condomínio que tem ao lado esquerdo, evitando assim de passar estrada do morro. Chegando na rodovia segui sentido norte. O dia estava com muito sol entre nuvens e com vento nordeste fraco, ótimo para pedalar.

Praia do Sapé

155

157

158

165

166

O dia estava bem quente e no caminho encontrei uma cachoeira e caiu na hora certa.

168

172

Sítio Bicho Preguiça…

180

202

208

228

Acabei chegando na Casa da Farinha, um antigo engenho que em momento estava desativado pois tinha quebrado a roda grande do moinho.

258

Quilombo da Fazenda – Casa da Farinha235

 A Casa de Farinha localiza-se no sertão da Fazenda Picinguaba, ao norte da rodovia, e faz parte de um conjunto de ruínas de uma antiga usina de açúcar e álcool construída no final do século passado por imigrantes italianos. Abandonada a usina, aproveitou-se a roda d’água para movimentar os aviamentos de uma casa de farinha construída na década de 50 qual foi recuperada em 1986.

240

242

244

246

248

Saindo da Casa da Farinha, passei em uma casa que tinha uma placa informando que servia alimentação. Então pedi um café e conversei com os proprietário para montar o acampamento por ali. Eles falaram que não tinha problema e acertamos um preço por tudo. Montei minha barraca de baixo do puxadinho frontal da casa e mais tarde eles me ofereceram uma janta.  Mais tarde subi uma estrada de chão, sem iluminação publica, até uma escola para pegar sinal de internet disponível wi-fi livre.

Terça, 05/Abril/16

No Quilombo da Fazenda, o café da manhã foi especial, bananinha da terra, polenta e cafezinho preto. Tudo da terra ou feita pelas mãos da senhora dona da casa. O dia estava bom para pedalar e o vento estava fraco.

Café Caiçara

253

Divisa do estado de São Paulo

260

261

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *