Indonésia

Bali

Aproveitando o finalzinho do meu visto na Austrália, fui conhecer a ilha de Bali na Indonésia e fiquei lá por 20 dias. Aluguei uma scooter e fui de sul a norte passando por cidades, áreas ruais, antigos templos, belíssimas esculturas, lindas praias e conheci um pouco da cultura Balinês. Um povo humilde hospedeiros e que precisa ainda de muita ajuda dos seus governantes para melhorar a qualidade de vida dos seus habitantes.

As esculturas em Bali são trabalhos grandiosos e sagrados e trazem um beleza única.

Padang Padang Beach 

Uluwatu

Local de entrada e saída dos surfistas

Templo de Uluwatu

A guerreira da primeira viajem

Karma Beach

Melasti Beach

Macaco surfando com a Tartaruga

Nusa Dua Beach

Prato Balinês

Sunset Uluwatu Beach

Sanur Bali

Nusa Penida

Fantástica

Kelingking beach

Broken Beach

Natureza capricho nesse lugar

Sunset Beach

Amigos do por do sol

Conheci Agus indo para Costa assistir o por do Sol. Conversamos e ele me convidou para dormir em sua casa. A nossa comunicação foi difícil, mas conseguíamos nos entender. A princípio eu não queria mas ele insistiu tanto que acabei aceitando o convite. Então já noite, chegamos em sua casa.Muito simples, construída sobre uma pequena ladeira, todo o chão era de terra batida. paredes simples que sustentam o telhado com duas divisões. Uma cozinha e uma sala quarto. Não sei quanto ao banheiro, pois eles me levaram numa casa vizinha no alto da ladeira para eu tomar um banho. Ao retornar ficamos em uma esteira de madeira 3×3 o qual tem uma simples cobertura apenas. Ali comemos e conversamos entre crianças e seus Pais. A mãe de Agus só se preocupava em me dar muita comida e seu pais depois de voltar da roça tarde da noite, ficou ali junto escutando e rindo sobre as histórias. Cantei com as criança e Agus tocou ukulele o qual tinha lhe ensinado para seus pais que não sabiam nada de inglês. Agus tem 14 anos e mantem uma postura de chefe da casa, pois ele é muito esperto, sabe um pouco de inglês que é fundamental para lidar com a intensidade turística local, o qual poderá tirar rendimentos para sua família. Ao acordar com o canto fortíssimo dos galos, ao amanhecer tomamos café e eles me indicaram no mapa os melhores lugares para visitar. Fiz uma contribuição para a família o qual ficaram muito felizes. Me despedi e segui a viajem.

Tembeling Beach

Atunr Beache

Retorno a Bali da Ilha Nusa Penida.

Tegenungan Waterfall

Gasolina lá é assim em todo canto

Monkey Florest

Roda Capoeira Professor Madeira – Ubud

 

Noite de festejo religioso

Pura kehen Temple

O mesmo rio que serve para beber, serve também para lavar tomar banho e lavar as roupas

Trabalho de colheita do arroz realizado por um grupo de mulheres.

Momento de oração.

Plantação de Arroz

Pura Kehen Temple

Ulun Danu Beratan

Parkiran Danau Buya

Muitos Macacos na beira da estrada, impressionante.

Quando chegamos ao norte de Bali, percebeu-se claramente uma descaso ambiental e social local

Templo Chines

 Lembrei de alguns amigos

Ruas da cidade

Singaraja

Os banheiros se diferem ao mundo ocidental

Alguns pratos balinês

A religiosidade é muito intensa entre os moradores locais.

Simpáticos meninos articulando para a fotografia.

Neste momento enquanto registrava com fotografias e também conversava com um nativo do lugar, vi um macaco com o chaveirinho vermelho da chave na boca que tinha roubado da moto e pensei, to lascado!!!! O Nativo tentou pegar mas o macaco fugiu. Estava já apavorado e imaginando o pior, quando olhei para a moto e a chave acabou ficando preso pela pontinha da ignição. O macaco puxou e arrebentou a argola e levou apenas o chaveirinho. Senti um alívio, foi por pouco!

Pulaki Temple

Trabalho de colheita de uva

Templo Islâmico.

O templo Tanah Lot é uns dos templos mais visitados, muito turismo.

Notei fortemente trabalhos duros realizados pelas mulheres em vários momentos.

Sunset Batu Bolong Beach

Indonésia é linda por sua natureza, por ter um povo simples e trabalhador, o qual tem seu desenvolvimento econômico gerada pelo turismo e servida de muita religiosidade por todos seus moradores. Com certeza conhecer essas belezas e passar uns dias com os nativos locais, observando e aprendendo a cultura balinesa é uma experiencia para toda a vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *