Espirito Santo III

Costa do Verde e das Águas

Quarta, 20/Maio/16

Saindo de Nova Almeida, fui pedalando com calma, pois o médico me orientou repouso. O dia estava bom para pedalar, pois o céu estava coberto por nuvens e clima com uma temperatura agradável e arisquei seguindo um pouco mais.

Em Frente ao SESC de ItaparicaIMG_20160518_110032106

Fui mais um pouco e entrei numa vila de pescador chamada Santa Cruz em Aracruz e ali almocei. Depois do almoço voltei procurando um bom lugar, mas só fui achar um bom lugar na beira da praia, com uma certa privacidade, na rodovia próximo ao trevo. Ali montei o acampamento, fiz uma fogueira, depois o rango, toquei berimbau e cantei. Aproveitei para relaxar e curti um pouco e logo depois fui dormir.

Santa CruzIMG_20160518_172845424

Quinta 19/Maio/16

Ao amanhecer já estava me sentindo melhor, fiz todos os procedimentos, fechei o acampamento e sai por volta das 9:00hs. Passei num posto de gasolina e lá tinha um banheiro com chuveiro, muito bacana. Eu tomei um bom banho e a lavei umas roupas, depois segui a pedalar e fu até a Vila do Riacho e por lá almoce.

IMG_20160519_100521348

IMG_20160519_100850310_HDR

Aproveitei que lá tinha um posto de saúde e tomei as vacinas contra H1N1 e tétano. Depois seguir viagem… esse trecho de Aracruz para Linhares foi bem puxado, o vento estava contra e ainda não estava 100% recuperado. Foi bem desgastante, conseguir chegar até a BR 101 e ainda andar alguns quilômetros chegar no posto de gasolina onde tinha uma pousada. O quarto custou R$ 50 eu estava a 10 quilômetros de Linhares. No próprio posto tinha um restaurante, eu jantei por ali, lavei algumas roupas e fui dormir

Sexta 20/Maio/16

Logo após o Amanhecer, fui tomar café na pousada, arrumei minhas coisas e partir para Linhares. Passei pela ponte Joaquim Calmon sobre o Rio Doce e neste momento enxerguei dois desastres que ocorreram neste local. Um deles foi o desabamento em 2009 da Ponte Getúlio Vargas, o qual parte da estrutura não aguentou e venho a baixo com 05 pessoas que estavam passando sobre ela. A outra foi o rompimento da barragem em Mariana da mineradora SAMARCO, sendo considerado o maior desastre socioambiental da história do nosso país.

IMG_20160520_080402136 IMG_20160520_080406607_HDR IMG_20160520_080430326

Segui viajem e passei numa loja de bike para trocar o descanso da bicicleta, pois o que tinha era para aro 26 e ela acabava caiando muitas vezes. Nesta loja tinha um descanso na cor preta para aro 29, então substitui, o rapaz vez um bom preço. Ele ainda encheu minha garrafa de água e depois parti. De Linhares segui para São Mateus fui pela Rota do Verde e das Águas chegando na Praia de Guriri.

IMG_20160520_152639064 IMG_20160520_165935856

Na praia tomei café em frente a uma igreja que fica na beira da praia sobre a restinga.  Dei um rolê pela praia procurando algum lugar para montar minha barraca, mas não achei nenhum espaço confortável e seguro e acabei procurando uma pousada. Nesse dia entrando na cidade, passei por um posto de gasolina o qual perguntei para uma moça sobre algum lugar para descansar e ela me indicou a pousada Porto da Ilha. Então liguei e consegui falar com dono, me apresentei, falei sobre minha viajem e ele conseguiu fazer por R$ 50,00. O apartamento era muito bom e confortável. Escrevi, jantei e fui dormir

Praia de GuririIMG_20160520_171510539 IMG_20160520_171520327

Sabado, 21/Maio/16

Após o café da Pousada, conversei com o dono e ele me explicou sobre algumas rotas para poder chegar até Conceição da Barra. Me despedi e dei continuidade. Sai sentido norte e peguei uma estrada de chão batida ao lado a beira mar. Depois entrei em um acesso a esquerda, passei por uma vegetação de porte médio alto e continuei até chegar em um vilarejo próximo a beira rio.

IMG_20160521_093113014_HDR

Um rapaz que faz a travessia, disse que não ia pra cidade naquele momento, ou seja, ele não ia pra Conceição da Barra pois teria outro compromisso. Então fiquei ali esperando algum barco passar. Depois chegou um meninos e ficamos a conversar. Depois de um tempo, aquele rapaz que tinha conversado para me levar pela primeira vez, passou com um motor na mão e foi até a canoa. Ficou arrumando ali, ajustando aqui sem falar nada. Quando estava tudo pronto ele  olhou para mim e disse, bora lá… peguei a bike rápido e desci a ladeira de areia para entrar na canoa, ele ligou o motor e saiu. O trajeto é longo e levamos em torno de 40 min.

IMG_20160521_103046216 IMG_20160521_103106936 IMG_20160521_104851137

Quando chegamos em Conceição da Barra perguntei a ele se iria descer. Disse que sim, pois teria que pegar gasolina para voltar. Então acompanhei ele, caminhamos por uns 20 min até chegar no posto. Paguei para enchei o galão que deveria ter uns 10 litros e paguei mais R$ 10, 00. Nos despedimos e nos agradecemos e partimos. Procure um restaurante para almoçar e depois fui na praia para descansar um pouco. Enquanto estava na praia, chego o rapaz que trabalha na cozinha do restaurante, esse rapaz me falou que também estava dando um rolê de bike e que parou ali para conseguir algum dinheiro para continuar a viajem. ele disse ainda que viaja com um cachorro., mas enfim…. ele foi lá mesmo para me informar que tinha esquecido meu cartão na máquina de débito no restaurante, voltei rápido para pegar, pois se ficar sem cartão vou ficar na roubada. Depois fui pescar e comecei procurar isca, até chegar na casa de um pescador e ele me levou na casa de outro pescador e este me ofereceu enchovinhas para fazer de isca. levei alguns e parti para o costão. Fiquei por lá pescando até mais tarde. Muitas vezes os peixes beliscavam o anzol, mas nada peguei novamente.

Farol

IMG_20160521_122034410

Maria Fumaça

IMG_20160521_141254188_HDR

Preparei um café e dei um rolê na cidade. Passando em frente ao centro de cultura estava rolando uma apresentação cultural realizada por um grupo de meninas. Quando eu cheguei já estava acabando e o engraçado foi que quando acabou, todas as moças saíram correndo pra dentro do ônibus, não sei se era pressa de ir embora ou a pressa de trocar aquela roupa.

IMG_20160521_171404320

 Dali dei mais um rolé pela cidade, ganhei água de duas senhores que estavam em uma casa e depois fui para a beira da praia no Costão pescar, mas não tava bom para pescaria, montei a barraca atrás do quiosque, jantei e fui dormir.

IMG_20160521_174929290 IMG_20160521_201645247

Domingo, 22/Maio/16

Após tomar café fui pegar a bicicleta e percebi que o meu estava furado tinha que trocar a cama resolver também já substituem o pneu traseiro que já estava careca e isso já me Ocupa um bom tempo achei tudo pronto e partir.Saindo pela avenida principal

Por da LuaIMG_20160522_060335324

Nascer do SolIMG_20160522_125706 IMG_20160522_060412035

Logo mais na frente me deparei com trevo que vai para Itaúnas,  e ali conversei com motociclista e perguntei pra ele se era tranquilo ir por ali para Itaúnas, disse que é estrada de chão, não estava muito boa devido as chuvas e que em alguns momentos pega as famosas costeletas, o qual trepida toda bike e traz um certo desconforto, mas que daria pra ir sim Então resolvi aceitar o desafio e parti.

IMG_20160522_074656399

Acesso Vila Cantagalo Quilombola

IMG_20160522_080614030

realmente o trecho foi bem longo algumas partes com lama e muitos momentos encontrei aquelas costeletas que faz a bicicleta toda tremer. Segui até chegar em Itaúnas a terra do Forró, mas lá eu cheguei cedo por volta das 10:30hs da manhã, então resolvi dar continuidade na viagem. Passei pelo último quiosque, me abasteci de água e  fui adiante.

IMG_20160522_090136104

pedalei em meio a floresta de eucaliptos, foi quando cruzei a fronteira entre Espírito Santo e Bahia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *